Você está no

BLOG DO ICOR

GRAVADOR-24-HORASDIGITAL-DE-72-HORASHOLTER-SRA.png
21/out/2018

O SRA (Stroke Risk Analysis) que na tradução significa “Análise de Risco de AVC” é uma tecnologia pioneira desenvolvida pela empresa alemã Apoplex do grupo Geratherm, que converte os sinais eletrocardiográficos gravados no aparelho de Holter da Cardios para serem analisados pelo algoritmo SRA.

O diferencial do exame é detectar o risco de AVC (Acidente Vascular Cerebral) precocemente, através do diagnóstico de Fibrilação Atrial Paroxística (FAP). 


ENTENDA COMO FUNCIONA:

👉 O Conversor SRA é um software desenvolvido pela Apoplex, que converte os traçados do eletrocardiograma (ECG) gravados com os aparelhos digitais de Holter, para serem utilizados no sistema SRA da empresa alemã.

👉 Para a análise de SRA, é necessário que o paciente fique com o gravador de Holter da Cardios instalado no corpo. Com apenas uma hora de gravação, este método detecta a possibilidade de um paciente ter episódios de Fibrilação Atrial Paroxística (FAP), fator preditivo para o risco de um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

👉 Após essa análise, a Apoplex encaminha para o nosso médico, Dr. Diego Chemello, em poucos minutos, a análise de SRA sob a forma de relatório.

 


APARELHO CARDIO 

 

Essencial ao Médico

👉 Alta qualidade do sinal, variedade de recursos.

Transmissão via infravermelho

👉 Possibilita a visualização dos sinais de ECG do paciente na instalação do gravador ou a qualquer momento para verificação do sinal.

Importante ao Técnico

👉 Facilidade de operação e possibilidade de verificação do sinal.

Transmissão via internet

👉 Através do software CardioNet, os registros gravados no CardioLight podem ser transmitidos por internet para análise em outros centros, discussão de casos ou formação de bancos de dados.

Ao Paciente

👉 Conforto total e design agradável.

Além da alta tecnologia, o design do produto confere conforto ao paciente no momento do exame.   Nossa maior missão é entregar serviços de qualidade e alta tecnologia para você e, por isso, estamos felizes em compartilhar essa mais nova conquista.

 

Fonte: Saúde Digital


MÉDICO QUE REALIZA O EXAME NO ICOR:
Dr. Diego Chemello- Cardiologista e Eletrofisiologista (CRM 26116)

LOCAL DO EXAME:
ICOR – CARDIO CENTRO / Unid. PINHEIRO MACHADO
Rua Pinheiro Machado, número 2380, bloco A, SALA 203.
Contato: (55) 3222 1333

 

Aqui no Icor, você encontra a melhor assistência e qualidade no atendimento. Nossas unidades realizam exames cardiológicos, vasculares, de cateterismo cardíaco e vascular com diagnósticos seguros e confiáveis. Além disso, contamos com uma equipe médica altamente qualificada. São profissionais com grande experiência nas suas áreas de atuação e um quadro de funcionários que fornecem todo o suporte que o paciente merece e busca na hora de realizar seus exames.

Acesse nosso site e confira a lista completa de exames e os nossos profissionais.

 

 


ecodoppler-ultrassom-vascular-de-membros.jpg
21/out/2018

O Ecodoppler Arterial é um exame de ultrassonografia vascular que tem por finalidade analisar o fluxo de sangue em diversas artérias do organismo.

Este exame está indicado principalmente para o diagnóstico de aterosclerose (formação de placas de gordura nas artérias, causando estreitamentos e tromboses) em hipertensos, diabéticos e tabagistas.

O Ecodoppler arterial pode ser realizado para pesquisar doenças em carótidas, doenças na aorta, em artérias de membros superiores e inferiores, artérias mesentéricas (intestinais) ou renais.


QUANDO O ECODOPPLER ARTERIAL É INDICADO?

 

 

→ No diagnóstico de aterosclerose (formação de placas de gordura na parede das artérias, causando um estreitamento/ trombose);

→ Pacientes hipertensos, diabéticos e tabagistas;

→ Este exame também pode ser realizado em outras localizações casos de doenças vasculares cerebrais, doenças da aorta e doença arterial periférica (ecodoppler de artérias renais, mesentéricas e dos membros inferiores).

 

 

 

 


MÉDICOS QUE REALIZAM O EXAME NO ICOR:
Dr. Alcides André Dezordi Vogel- Angiologista/ Cirurgião Vascular (CRM 20896)
Dr. Clóvis Luiz Konopka- Angiologista / Cirurgião Vascular (CRM 16308)

LOCAL DO EXAME:

📍Cardio Centro | PINHEIRO MACHADO | : (55) 3222.1333

ICOR – CARDIO CENTRO / Unid. PINHEIRO MACHADO
Rua Pinheiro Machado, número 2380, bloco A, SALA 204.

LOCAL DO EXAME:

📍Cardio Centro | Policlínica (HCAA) | : (55) 3217.1919
ICOR – CARDIO CENTRO / Unid. POLICLÍNICA WILSON AITA- HCAA
Av. Presidente Vargas, 2355. Policlínica – Sala 105. (Anexo ao Hospital de Caridade Dr. Astrogildo de Azevedo).

 

 


No Icor, você encontra a melhor assistência e qualidade no atendimento. Nossas unidades realizam exames cardiológicos, vasculares, de cateterismo cardíaco e vascular com diagnósticos seguros e confiáveis. Além disso, contamos com uma equipe médica altamente qualificada. São profissionais com grande experiência nas suas áreas de atuação e um quadro de funcionários que fornecem todo o suporte que o paciente merece e busca na hora de realizar seus exames.

Acesse nosso site e confira a lista completa de exames e os nossos profissionais.

 

 


Tilt-teste-2.png
21/out/2018

Também conhecido como teste de inclinação, o exame possibilita avaliar o comportamento da pressão arterial e da frequência cardíaca do paciente quando submetido a mudanças de posições. É um exame complementar utilizado para diagnosticar a causa e definir o tratamento de pacientes com sintomas de tonturas, desmaios ou perda de consciência.

Quando se trata de desmaios as causas podem ser inúmeras, inclusive cardiovasculares, e costumam ocorrer em pessoas com coração normal ou com doenças cardíacas, com graus variados de risco.

 


O QUE O EXAME INFORMA?

⇒ A variação da frequência cardíaca;

⇒ A variação da pressão arterial sistólica e diastólica pulso a pulso;

⇒ Tipo e variações do ritmo cardíaco;

⇒ Estado funcional dos reflexos de ajuste da pressão arterial e da frequência cardíaca à posição ortostática.

 


COMO É FEITO O TESTE DE INCLINAÇÃO?

⇒ Aqui no ICOR, o exame é realizado por um médico cardiologista com especialização em eletrofisiologia cardíaca.

⇒ O procedimento é indolor e poderá ser realizado em várias etapas (dependendo de cada caso avaliado).

⇒ Deve ser realizado em um ambiente de pouca luz e livre de barulhos.

⇒ O paciente é deitado na maca própria para Tilt test, faixas de segurança são colocadas sobre a cintura e joelhos e suporte para os pés para manter o paciente seguro na maca.

⇒ Os batimentos cardíacos são monitorados, através de eletrodos fixados no tórax e a pressão arterial, através de um dispositivo colocado ao redor de um dos dedos da mão.

⇒ Durante o procedimento, o paciente fica de 5 a 15 minutos na posição horizontal (de barriga para cima), nessa etapa é medida a pressão arterial e o registro eletrocardiográfico.

⇒ Depois a cama é inclinada suavemente até 90 graus e o paciente fica nesta posição (com a cabeça para cima) por um período variável (até 40 minutos). Durante esse período, se o paciente sentir que vai desmaiar, o teste é interrompido e a maca é colocada na posição horizontal. Caso não ocorram sintomas, um teste adicional poderá ser realizado, com a administração de um vasodilatador sublingual e aguardando-se 15 minutos adicionais (teste sensibilizado com droga).

⇒ Não havendo nenhuma alteração após este período o Tilt Test será considerado normal.


PREPARAÇÃO PARA O EXAME

⇒ Jejum de 8 horas antes do exame é necessário, porque é comum o aparecimento de enjoos quando a pressão cai.

⇒ Trazer exames anteriores (holter, teste ergométrico ou ecocardiograma).

⇒ Vir com roupas confortáveis (se for mulher, vir de sutiã e não usar vestidos).

⇒ Importante a presença de um acompanhante, para auxiliá-lo em um eventual mal-estar e conduzi-lo à residência.

⇒ Após o exame você não deve dirigir.

⇒ Alguns remédios podem ser suspensos temporariamente antes do exame, outros não, sempre a critério do médico que pediu o exame.

⇒ Recomenda-se ingerir bastante água após o exame.

 


MÉDICO QUE REALIZA O EXAME NO ICOR:
Dr. Diego Chemello- Cardiologista e Eletrofisiologista (CRM 26116)

LOCAL DO EXAME:
ICOR – CARDIO CENTRO / Unid. PINHEIRO MACHADO
Rua Pinheiro Machado, número 2380, bloco A, SALA 203.
Contato: (55) 3222 1333

 

 

Em nossas clínicas do Icor, você encontra a melhor assistência e qualidade no atendimento. Nossas unidades realizam exames cardiológicos, vasculares, de cateterismo cardíaco e vascular com diagnósticos seguros e confiáveis. Além disso, contamos com uma equipe médica altamente qualificada. São profissionais com grande experiência nas suas áreas de atuação e um quadro de funcionários que fornecem todo o suporte que o paciente merece e busca na hora de realizar seus exames.

Acesse nosso site e confira a lista completa de exames e os nossos profissionais.


coracooo.png
21/out/2018

A boa saúde do corpo e da mente são essenciais até mesmo para as atividades mais básicas do dia a dia. Por isso, lembre-se de manter hábitos saudáveis e estar em dia com os exames de rotina.

Ter uma boa saúde é sinônimo de viver bem 

 

 


Aqui no Icor, você encontra a melhor assistência e qualidade no atendimento. Nossas unidades realizam  exames cardiológicos, vasculares, de cateterismo cardíaco e vascular com diagnósticos seguros e confiáveis. Além disso,  contamos com uma equipe médica altamente qualificada. São profissionais com grande experiência nas suas áreas de atuação e um quadro de funcionários que fornecem todo o suporte que o paciente merece e busca na hora de realizar seus exames.

Acesse nosso site e confira a lista completa de exames e os nossos profissionais.


21/out/2018

No Dica Icor da semana nosso cardiologista, Dr. Edes Oliveira Cavalheiro, responde algumas questões pontuais sobre o HOLTER. Um exame complementar que avalia as variações do ritmo e da frequência cardíaca que ocorrem no período de 24 horas.

O aparelho utilizado para o exame é acoplado ao peito do paciente e registra a atividade elétrica do coração durante o período estipulado que pode ser de 24 horas ou 7 dias.

Assista ao vídeo e saiba mais sobre o exame em nosso site: www.icor.com.br

 

 

 SAIBA MAIS SOBRE OS EXAMES CITADOS NO VÍDEO, NOS LINKS ABAIXO:


MÉDICOS QUE REALIZAM O EXAME NO ICOR:
Dr. Edes Oliveira Cavalheiro- Cardiologista ( CRM 11461)
Dr. Diego Chemello- Cardiologista e Eletrofisiologista (CRM 26116)

LOCAL DO EXAME:
ICOR – CARDIO CENTRO / Unid. PINHEIRO MACHADO
Rua Pinheiro Machado, número 2380, bloco A, SALA 203.
Contato: (55) 3222 1333

 

Aqui no Icor, você encontra a melhor assistência e qualidade no atendimento. Nossas unidades realizam  exames cardiológicos, vasculares, de cateterismo cardíaco e vascular com diagnósticos seguros e confiáveis. Além disso,  contamos com uma equipe médica altamente qualificada. São profissionais com grande experiência nas suas áreas de atuação e um quadro de funcionários que fornecem todo o suporte que o paciente merece e busca na hora de realizar seus exames.

Acesse nosso site e confira a lista completa de exames e os nossos profissionais.


pulse-clipart-animated-gif-1-1.gif
21/out/2018

O Loop é um tipo especial de eletrocardiograma que serve para detectar arritmias infrequentes que podem não ser captadas por um Holter 24 horas ou Eletrocardiograma comum. O procedimento tem como função realizar um eletrocardiograma no paciente a cada 2 minutos ou de acordo com a escolha do cardiologista, sendo uma ferramenta que pode monitorar o paciente de forma constante.


O LOOP serve como um exame complementar, utilizado para avaliar:

♥ A presença de arritmias cardíacas (distúrbios do ritmo cardíaco);

♥ Tanto para mais (taquiarritmias), como para menos (bradiarritmias);

♥ Irregularidades no ritmo (extrassístoles);

Este tipo de monitoramento eletrocardiográfico prolongado (Loop) é indicado quando o paciente apresenta:

♥Palpitações;

♥Tonturas;

♥Desmaios;

♥Dor no peito numa frequência ocasional, não diária, porque se for diária, o exame preferencialmente utilizado é o Holter 24 horas.

Por que fazer um Loop?

O Loop serve para detectar arritmias não frequentes que podem não ser indicadas e captadas por um Holter ou Eletrocardiograma comum.

Como é feito o Loop?

E exame é feito através do aparelho CardioLoop, um dispositivo de pequeno porto composto por dois eletrodos que são colocados ao tórax. O aparelho grava os batimentos do coração quando acionado pelo paciente.

Antes de colocar o aparelho as técnicas fazem uma pequena preparação. Nos homens, quando necessário, é feito a depilação das áreas onde serão fixados os eletrodos.

Atenção as orientações de como proceder no período de monitoramento:

O gravador é fixado ao cinto da maneira que o paciente achar mais confortável;

♥ Ao sentir qualquer sintoma o paciente deve ativar o aparelho registrando os batimentos.

♥ O paciente deve permanecer com o aparelho durante sete dias ou o tempo necessário para a obtenção do diagnóstico;

♥ Os equipamentos devem ser retirados para tomar banho;

♥ Os eletrodos devem ser trocados após o banho ou uma vez ao dia.

 

O Loop é considerado pelos especialistas um dos exames cardiológicos mais modernos, realizado com equipamentos de última geração. No período que o paciente estiver com o aparelho a equipe do ICOR ficará a disposição dando todo suporte que for necessário.

 


MÉDICO QUE REALIZA O EXAME NO ICOR:
Dr. Diego Chemello- Cardiologista e Eletrofisiologista (CRM 26116)

LOCAL DO EXAME:
ICOR – CARDIO CENTRO / Unid. PINHEIRO MACHADO
Rua Pinheiro Machado, número 2380, bloco A, SALA 203.
Contato: (55) 3222 1333

 

Aqui no Icor, você encontra a melhor assistência e qualidade no atendimento. Nossas unidades realizam  exames cardiológicos, vasculares, de cateterismo cardíaco e vascular com diagnósticos seguros e confiáveis. Além disso,  contamos com uma equipe médica altamente qualificada. São profissionais com grande experiência nas suas áreas de atuação e um quadro de funcionários que fornecem todo o suporte que o paciente merece e busca na hora de realizar seus exames.

Acesse nosso site e confira a lista completa de exames e os nossos profissionais.


ThinkstockPhotos-497710721.-fetal-echocardiogram_930_475_72_s_c1_c_c.jpg
21/out/2018

O período da gestação é um momento mágico e único para as mamães. Nesta etapa da vida elas ficam ansiosas a cada exame para saber o desenvolvimento do bebê, e alguns nomes de exame solicitados pelo médico chegam a assustar as mamães. Um deles é o ecocardiograma fetal, que avalia as estruturas e funções do coração do bebê durante a gestação. O procedimento é seguro, não oferece riscos para a gestante nem para o bebê. Também possibilita os benefícios de um diagnóstico precoce e de um tratamento eficaz das cardiopatias fetais. Dessa forma, certas doenças cardíacas fetais como a arritmia podem ser tratadas ainda dentro do útero.

Através do exame é possível identificar malformações cardíacas, fazer o acompanhamento de fetos com problemas cardíacos, aconselhamento genético-cardiológico para os pais e planejamento do parto em hospital com estrutura adequada em cardiologia pediátrica e cirurgia cardíaca.


O que é um ecocardiograma fetal?

O ecocardiograma fetal com mapeamento de fluxo a cores é um exame de ultrassom realizado durante a gestação para diagnosticar possíveis problemas cardíacos no feto. Uma pequena sonda chamada transdutor  é colocada no abdômen da mãe e envia ondas sonoras ultrassônicas a uma freqüência muito alta para ser ouvida. O transdutor pega as ondas refletidas e as envia para um computador. O computador interpreta os ecos em uma imagem das paredes e válvulas do coração.

Qual a função do exame?

O ecocardiograma fetal é importante para descobrir se existe alguma doença congênita, que ao ser detectado precocemente, e caso necessite de intervenção cirúrgica após o parto, ajudará o médico a recomendar um hospital com infraestrutura necessária para o atendimento imediato ao bebê após o nascimento. Até mesmo, se for necessário começar um tratamento ainda no útero da mãe devido a certas doenças cardíacas fetais, como a arritmia.

Como é feito o ecocardiograma fetal?

O exame é realizado por um cardiologista pediátrico. Aqui no ICOR, o exame é feito tipicamente colocando a sonda sobre o abdômen da mãe para visualizar o coração fetal, e não é necessária incisão no útero.

Quando é recomendado fazer o ecocardiograma fetal?

O exame pode ser feito a partir de 20 ª semana de gestação, porém a melhor época é com 28ª semana de gestação.

É um exame obrigatório para gestantes em casos especiais, como:

  • gestantes diabéticas;
  • hipertensas;
  • cardiopatas;
  • com idade maior que 40 anos;
  • que façam uso de medicamentos prejudiciais ao feto,
  • com alterações no ultrassom,
  • com alterações nos batimentos cardíacos fetais, ou sempre que o obstetra achar necessário.

Qual a duração do exame?

O eco fetal tem duração de cerca de 15 minutos.

Existem casos em que o exame precisa ser feito precocemente ou com maior frequência?

⇒ Em casos de cardiopatia congênita na família do pai ou da mãe e filhos anteriores nascidos com doença cardíaca.

⇒ Quando a gestante adquirir certas infecções que podem comprometer a formação do coração, como toxoplasmose, rubéola e citomegalovirose.

⇒ Se a mamãe fez uso de medicações que podem ser associadas ao desenvolvimento de doença cardíaca fetal, principalmente quando utilizadas nos primeiros meses de gestação. Nestes casos, o obstetra encaminha a gestante para uma avaliação, sendo necessário este exame.

⇒ Como na maioria das vezes as doenças ocorrem em fetos que não apresentam quaisquer fatores de risco, o coração fetal deve ser rastreado sistematicamente pelo ultrassonografista.

⇒ Em caso de qualquer suspeita, o médico encaminhará a gestante para uma avaliação especializada.

⇒ Gestantes com idade superior a 35 anos merecem uma avaliação pré-natal mais rigorosa devido às maiores chances de malformações fetais. Por este motivo, muitos obstetras têm incluído o ecocardiograma fetal entre os exames de rotina nesse grupo de pacientes.

 


 

MÉDICO QUE REALIZA O EXAME NO  ICOR:
Dr. Marcelo Souza Pinto- Cardiologista/ Ecocardiografista (CRM 22593)

LOCAL DO EXAME: 
ICOR – CARDIO CENTRO / Unid. PINHEIRO MACHADO
Rua Pinheiro Machado, número 2380, bloco A, SALA 204.
Contato: (55) 3222 1333

 

Aqui no Icor, você encontra a melhor assistência e qualidade no atendimento. Nossas unidades realizam exames cardiológicos, vasculares, de cateterismo cardíaco e vascular com diagnósticos seguros e confiáveis. Além disso, contamos com uma equipe médica altamente qualificada. São profissionais com grande experiência nas suas áreas de atuação e um quadro de funcionários que fornecem todo o suporte que o paciente merece e busca na hora de realizar seus exames.

Acesse nosso site e confira a lista completa de exames e os nossos profissionais.


TAVI.jpg
21/out/2018

O QUE É TAVI?

O TAVI (Implante Percutâneo de Válvula Aórtica) é um procedimento cirúrgico pouco invasivo, para implante de uma prótese aórtica sem a retirada da válvula velha e danificada. A válvula que é implantada permite restabelecer volumes normais do fluxo sanguíneo do ventrículo esquerdo do coração para a artéria aorta.


ONDE O PROCEDIMENTO É REALIZADO NO ICOR?

O TAVI é realizado na sala de hemodinâmica, por uma equipe de médicos e enfermeiros especializados em procedimentos cardíacos e vasculares.

PREPARO PARA O TAVI

As informações de preparo, como medicação a ser suspensa, tempo de jejum e necessidade de internação prévia, são passadas no momento de agendar o procedimento.

COMO FUNCIONA?

O TAVI consiste na substituição da válvula danificada por uma válvula artificial totalmente dobrável através de um cateter. O procedimento é realizado através de punções na virilha, podendo ser necessário a utilização de outros locais em caso de contraindicação ao uso da virilha. Um cateter guia a prótese através da aorta até ser posicionada dentro da válvula aórtica.

Todo percurso é visualizado por meio de RX contínuo e com auxúlio de ecocardiografia. A prótese vai compactada em um dispositivo, uma vez posicionada, é expandida empurrando os antigos folhetos da válvula nativa para fora do caminho e o tecido da nova válvula de substituição assume o trabalho de regulação do fluxo sanguíneo. Em seguida, retira-se o cateter, terminando o procedimento.

O TAVI é indicado para pacientes que não podem realizar a cirurgia de troca da válvula aórtica ou que apresentam alto risco de complicações com a cirurgia aberta.

CUIDADOS APÓS O PROCEDIMENTO

O paciente necessita de recuperação em unidade de terapia intensiva (UTI) especializada em procedimentos cardiológicos pelo período mínimo de 24 horas.

 

Fonte: American Heart Association.


MÉDICOS QUE REALIZAM O EXAME NO ICOR:
Dr. Arnoldo Azevedo dos Santos- Cardiologista / Hemodinamicista (CRM 13677)
Dr. Anibal Pereira Abelin – Cardiologista/  Hemodinamicista (CRM 29842)

LOCAL DO EXAME: 
ICOR – Unidade HEMODINÂMICA- HCAA
Av. Presidente Vargas, 2291.  Subsolo do Hospital de Caridade Dr. Astrogildo de Azevedo.
Contato: (55) 3222 9888

 

Aqui no Icor, você encontra a melhor assistência e qualidade no atendimento. Nossas unidades realizam  exames cardiológicos, vasculares, de cateterismo cardíaco e vascular com diagnósticos seguros e confiáveis. Além disso,  contamos com uma equipe médica altamente qualificada. São profissionais com grande experiência nas suas áreas de atuação e um quadro de funcionários que fornecem todo o suporte que o paciente merece e busca na hora de realizar seus exames.

Acesse nosso site e confira a lista completa de exames e os nossos profissionais.


cor-1200x546.png
21/out/2018

A angioplastia coronária é um procedimento cirúrgico, pouco invasivo, realizado para desobstrução das artérias coronárias. O processo possibilita que as artérias coronárias voltem a funcionar permitindo que o coração receba maior fluxo de sangue e continue trabalhando normalmente. Para que este procedimento tenha maior durabilidade no organismo é recomendado colocar o stent, um pequeno tubo com hastes metálicas inserido juntamente com o balão, e que permanece na artéria evitando que as paredes das artérias voltem a fechar.  Entenda melhor abaixo:

Como angioplastia coronária é realizada?

Pode ser realizada com um stent ou com um balão. Para a realização do procedimento, um cateter é introduzido através de uma pequena incisão numa artéria na virilha ou no braço, e guiado até o local a ser obstruído.

  • Este cateter vai acompanhado de um balão, ou também de um stent.

A angioplastia com stent é o método mais usado.

O stent coronário é um tubo metálico expansível em forma de malha que se encontra sobre o balão. Quando posicionado no interior do vaso, no local a ser obstruído, o stent é aberto é o balão insuflado o empurra contra a parede da artéria, permitindo que o fluxo sanguíneo seja restabelecido e o coração volte a receber oxigênio e nutrientes.

  • É importante destacar que, após a desobstrução da artéria coronária, por meio da angioplastia com balão, o mesmo é esvaziado e o stent de aço cirúrgico permanece no local garantindo um calibre adequado e a passagem do sangue.

Angioplastia com cateter de balão

A angioplastia com cateter de balão é um método pouco usado e em geral menos eficaz, porque a dilatação do vaso é feita apenas com balão, que, posicionado no local é insuflado rompendo as placas e expandindo o diâmetro da artéria, normalizando o fluxo sanguíneo.


Quando a Angioplastia Coronária é indicada?

Este procedimento cirúrgico é indicado quando o cateterismo cardíaco constata a existência de obstruções nas artérias coronárias que, em função da localização ou da gravidade, não é possível ser tratada com medicamentos.

Também é bastante comum na prevenção de infarto e em pacientes portadores de angina que apresentam esse fechamento por conta do acúmulo de placas de gordura. A cirurgia é feita com anestesia local com duração de aproximadamente uma hora.

Preparação para realizar o exame:

  • Fazer jejum de 06 horas antes do exame;
  • Trazer todos os medicamentos que faz uso e exames realizados nos últimos seis meses (teste de esforço, cintilografia miocárdica, cateterismo ou angioplastia, relatórios de cirurgia cardíaca e resultados de exames laboratoriais);
  • Vir com acompanhante (sozinho não realizará o exame; é permitido no máximo 2 acompanhantes;
  • Deixar documentos e objetos pessoais com os familiares antes de entrar para o exame;
  • Não viajar após o exame no período de 24 horas e não dirigir após o exame no período de 3 dias;
  • Tomar as medicações para controle da pressão arterial de acordo com o horário habitual;
  • Suspender Metaformia e/ou Glibenclamida 24 horas antes do dia do exame;
  • Suspender 07 dias antes do exame o uso de anticoagulantes: Marcomar, Marevam, Comadin;
  • Suspender 48 horas antes do exame o uso de Anticoagulantes: Xarelto, Pradaxa, Elequis;
  • Tomar Bissulfato de Clopidogrel e AAS (5 dias antes do procedimento).

 Onde o procedimento é realizado?

  •  A angioplástica coronária é realizada no mesmo local do cateterismo cardíaco, no Laboratório de Hemodinâmica do ICOR, com o paciente acordado e sob anestesia local. Em geral recomenda-se dois dias de repouso e uma dieta balanceada.
  • A região onde foi realizada a punção deverá ser comprimida por alguns minutos e uma faixa é colocada ao redor da perna na altura da virilha, evitando que o paciente tenha sangramento pelo local da punção. Recomenda-se que o paciente permaneça com a faixa, 24 horas após o término da cirurgia.

 

Fonte: Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular – SBACV


MÉDICOS QUE REALIZAM O EXAME NO ICOR:

Dr. Arnoldo Azevedo dos Santos- Cardiologista / Hemodinamicista (CRM 13677)
Dr. Anibal Pereira Abelin – Cardiologista/  Hemodinamicista (CRM 29842)

LOCAL DO EXAME: 
ICOR – Unidade HEMODINÂMICA- HCAA
Av. Presidente Vargas, 2291.  Subsolo do Hospital de Caridade Dr. Astrogildo de Azevedo.
Contato: (55) 3222 9888

 

Aqui no Icor, você encontra a melhor assistência e qualidade no atendimento. Nossas unidades realizam  exames cardiológicos, vasculares, de cateterismo cardíaco e vascular com diagnósticos seguros e confiáveis. Além disso,  contamos com uma equipe médica altamente qualificada. São profissionais com grande experiência nas suas áreas de atuação e um quadro de funcionários que fornecem todo o suporte que o paciente merece e busca na hora de realizar seus exames.

Acesse nosso site e confira a lista completa de exames e os nossos profissionais.

 


arrhythmia_thumb.jpg
21/out/2018

É um exame que avalia as variações do ritmo e da frequência cardíaca que ocorrem no período de uma semana. O método é recomendado quando o paciente sente palpitações e falta de ar. Através dele é possível detectar alterações como arritmias ou disritmias, que normalmente não aparecem no tempo limitado de alguns exames, como o eletrocardiograma ou o Holter 24 horas. Além disso, o exame é extremamente útil para identificar isquemias silenciosas, que ocorrem com maior frequência em diabéticos.


O procedimento do Holter 7 dias é o mesmo do Holter 24 horas, só que em vez de ser monitorado durante 24 horas o paciente fica sete dias realizando a gravação. O equipamento adotado utiliza quatro eletrodos posicionados no tórax do paciente, que devem ser retirados na hora do banho e trocados uma vez ao dia.
O exame é útil para paciente que apresentam sintomas mais esporádicos, por exemplo, a cada três dias ou semanalmente. Nesses casos, a monitorização por uma semana leva a uma maior chance de se documentar a anormalidade.

POR QUE O HOLTER 7 DIAS É REALIZADO?

O exame é realizado para determinar como o coração responde às atividades normais do dia a dia e para esclarecer sintomas que foram reclamados pelo paciente, assim como suspeitas de determinadas doenças analisadas pelo médico.

O QUE O EXAME AVALIA?

O Holter 7 dias tem como objetivo avaliar as variações do ritmo e da frequência cardíaca que ocorrem no período de uma semana. É um exame recomendado para pacientes com:

  • sintomas associados às arritmias cardíacas;
  • com palpitações;
  • perda de consciência ou que tenham sofrido um acidente isquêmico transitório;
  • para avaliar o prognóstico de alguns doentes com arritmias depois de contraírem um enfarte agudo do miocárdio.

Além disso, é um exame extremamente útil para identificar isquemias silenciosas, que ocorrem com maior frequência em diabéticos.

COMO FUNCIONA O HOLTER 7 DIAS?

São fixados no tórax do paciente, eletrodos que se conectam a um gravador ligado por cabos, e o monitor é posicionado na altura da cintura do paciente. Também é solicitado que o paciente escreva uma espécie de relatório diário com todas as atividades realizadas no dia do monitoramento e seus respectivos horários.

QUAL A PREPARAÇÃO PARA O EXAME?

Recomenda-se que o paciente tome banho antes de realizar o exame e que não utilize cremes, pomadas ou gel na pele próximo da região onde serão fixados os eletrodos. Os portadores de marcapasso devem trazer a carteirinha de identificação do aparelho. Solicita-se também, que o paciente traga o eletrocardiograma mais recente. Após a instalação do aparelho, o paciente é orientado a retirar os eletrodos fixados no tórax durante o banho e recolocar o equipamento com novos eletrodos, pelo menos uma vez ao dia.

QUANDO ESTIVER USANDO O HOLTER EVITE:

  • Deitar sobre cobertores elétricos;
  •  ímãs;
  • Áreas de alta tensão elétrica;
  • Detectores de metal.

 


MÉDICO QUE REALIZA O EXAME NO ICOR:
Dr. Diego Chemello- Cardiologista e Eletrofisiologista (CRM 26116)

LOCAL DO EXAME:
ICOR – CARDIO CENTRO / Unid. PINHEIRO MACHADO
Rua Pinheiro Machado, número 2380, bloco A, SALA 203.
Contato: (55) 3222 1333

 

 

Aqui no Icor, você encontra a melhor assistência e qualidade no atendimento. Nossas unidades realizam  exames cardiológicos, vasculares, de cateterismo cardíaco e vascular com diagnósticos seguros e confiáveis. Além disso,  contamos com uma equipe médica altamente qualificada. São profissionais com grande experiência nas suas áreas de atuação e um quadro de funcionários que fornecem todo o suporte que o paciente merece e busca na hora de realizar seus exames.

Acesse nosso site e confira a lista completa de exames e os nossos profissionais.


MARCA HORIZONTAL_ICOR.png 1

O Instituto do Coração de Santa Maria (ICOR) é referência na área da saúde. Há mais de 20 anos cuida do coração da cidade e região oferecendo um atendimento ético, humanizado e de qualidade.

Últimas do Blog

2018 ICOR. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Rede de Empreendedores.