VOCÊ SABE O QUE É FIBROMIALGIA?

02/10/2017 por ICOR0
fibromialgia.jpg33.jpg

A fibromialgia é uma síndrome comum em que uma pessoa sofre de dores por todo o corpo por longos períodos, com sensibilidade nas articulações, nos músculos, nos tendões e em outros tecidos moles.


A fibromialgia também está relacionada à fadiga, distúrbios do sono, dores de cabeça, depressão e ansiedade.
A causa é desconhecida. As possíveis causas ou os desencadeadores da fibromialgia incluem:

  • Trauma físico ou emocional;
  • Resposta anormal à dor, em que áreas do cérebro responsáveis pela dor podem reagir de forma diferente em pacientes com fibromialgia;
  • Distúrbios do sono;
  • Infecção, como um vírus, embora nenhum tenha sido identificado;
  • A fibromialgia é mais comum em mulheres com idade entre 20 e 50 anos.

As seguintes doenças podem acompanhar a fibromialgia ou imitar seus sintomas:

  • Dor crônica no pescoço ou nas costas;
  • Síndrome da fadiga crônica;
  • Depressão;
  • Hipotireoidismo (tireoide inativa);
  • Doença de Lyme;
  • Distúrbios do sono.

Podem ser realizados exames para ser diagnosticado, porém é preciso ter pelo menos 3 meses de dor generalizada, além de dor e sensibilidade em pelo menos 11 de 18 áreas, incluindo:

  • Braços (cotovelos)
  • Nádegas
  • Peito
  • Joelhos
  • Região lombar
  • Pescoço
  • Caixa torácica
  • Ombros
  • Coxas

Os exames de sangue e urina geralmente estão normais. Entretanto, podem ser feitos exames para descartar outras doenças que apresentem sintomas similares. Os seus sintomas são:

  • Dor. Ela pode ser leve ou intensa. As regiões doloridas são chamadas de pontos de sensibilidade. Os pontos de sensibilidade se encontram no tecido mole da nuca, ombros, tórax, região lombar, quadris, canelas, cotovelos e joelhos. A dor então se espalha a partir dessas áreas.
  • A dor pode ser percebida como profunda ou uma dor aguda e ardente.
  • As articulações não são afetadas, embora possa parecer que a dor venha das articulações.
  • As pessoas com fibromialgia tendem a acordar com dores no corpo e rigidez. Em alguns pacientes, a dor melhora durante o dia e piora à noite. Outros pacientes sentem dor o dia inteiro.
  • A dor pode piorar com atividades, clima frio ou úmido, ansiedade e estresse.
  • Fadiga, estado deprimido e distúrbios do sono são observados em quase todos os pacientes com fibromialgia. Muitos afirmam que não conseguem dormir ou continuar dormindo e que se sentem cansados quando acordam.

Outros sintomas de fibromialgia podem incluir:

  • Síndrome do intestino irritável (SII);
  • Problemas de memória e de concentração.
  • Dormência e formigamento nas mãos e nos pés;
  • Palpitações;
  • Redução na capacidade de se exercitar;
  • Cefaleia tensional ou enxaqueca;
  • Reumatologistas e neurologistas ajudam no diagnóstico e no tratamento do problema.

 

Fonte: Minha vida


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *


MARCA HORIZONTAL_ICOR.png 1

O Instituto do Coração de Santa Maria (ICOR) é referência na área da saúde. Há mais de 20 anos cuida do coração da cidade e região oferecendo um atendimento ético, humanizado e de qualidade.

Últimas do Blog

2018 ICOR. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Rede de Empreendedores.